Tags

,

Olá hoje vim falar um pouquinho da minha luta contra o peso e dar algumas dicas, porque em alguns anos não me tornei nem personal trainer nem nutricionista rs’ mas digamos que adquiri alguns conhecimentos, afinal já passei por muitas academias, muitos nutricionistas, endocrinologistas, já fiz muita burrada, dietas malucas, e no fim demorei mais aprendi que tudo isso é tão simples e complicado ao mesmo tempo, como assim?

Começando do zero, eu sempre tive facilidade de engordar mas emagrecia muito fácil também, aos 14 anos fui a primeira vez a academia junto com uma amiga, tinha engordado um pouco e bastou me dedicar aos exercícios e cntrolar guloseimas que estava com um corpo muito legal…mas não fiquei por muito tempo não, logo parei porque preferi fazer aula de bateria na época ;} mas o peso até que aguentou um bom tempo até eu conhecer meu atual noivo, aos 15 anos (ano 2004) quase para completar 16. Chocolatinhos, chips, sobremesas da sogra todo fim de semana, agrados aqui e ali e o peso começou a subir, quando eu estava no terceiro ano do ensino médio meu peso disparou pra valer e eu cheguei a 68kg. (no ano de 2005) Muito da burra, ouvi falar sobre a tal alfetamina e lá fui eu marcar consulta com o médico para tomar o tal remédio milagroso (milagre?), a pior coisa que já fiz, como era manipulado havia calmante junto na fórmula porque a alfetamina deixa agente muito ligadão, eu tinha sono de manhã de tarde e de noite, me diga como eu iria arranjar disposição para ir a academia? e também não precisava cuidar da alimentação pois o remédio fazia tudo por mim, ficava enjuada só de ver comida, enfim fui para 60 kg em pouco tempo, resolvi parar de tomar o remédio pois dava muito taquicardia, não sei dizer em quanto tempo fiquei nesse peso mas eu engordei tudo de novo em pouco tempo e mais uns 5 kg…continuei na luta fui numa clinica de emagrecimento, tomei sibutramina emagreci 5 kg e logo engordei os 5kg de novo e mais um pouco, logo já estava com 78 kg…aí sim dei um tapa na minha cara, se eu chegasse nos 80 kg seria muito dificil voltar. Fui num endocrinologista e emagreci 4 kg, isso em 2009, a dieta era de 1000 calorias só comendo 3x ao dia, não aguentei muito tempo mas mantive o peso, depois resolvi pesquisar muito sobre boa alimentação, conheci o blog http://www.falecomanutricionista.com a Carol Morais é uma nutricionista bem natureba, incentiva a comermos coisas quanto mais natural melhor, se possivel feitos em casa, e que mutias vezes os alimentos lights e diets não são a melhor opção, também conheci o http://www.pensandomagro.net que é o blog da Camila Pires que escreve sobre sua experiência de emagrecimeto e muitos outros. Comecei a caminhar com meu noivo todos os dias e fiz a dieta dos pontos deste link: http://saude.abril.com.br/especiais/dieta_pontos/tabela.shtml e emagreci mais 4kg…logo não pudi mais caminhar com ele, e passei por experiências de manter uma rotina de exercícios sem ir para academia mas falhou.

Não parece, mas tudo isso foi durante anos, e é claro não dá para relatar tudo aqui, mas posso dizer que aprendir que:

– Não adinta comermos de menos ou não comer, o nosso organismo precisa de energia para trabalhar, os nossos musculos são alimentados por elas e o coração é um deles. Além do que o organismo queimar calorias na digestão, então coma.

– Os números na balança não quer dizer lá muita coisa, por exemplo a gordura (massa gorda) pesa menos e ocupa mais espaço, os musculos (massa magra) pesa mais e ocupa menos espaço. Muitas vezes dependendo da dieta, agente além de perder gordura perdemos musculo, água, e aí os números na balança diminuem bastante, e podem vortar loguinho. Não se engane, faça exercícios, coma direito, sucesso durável.

– Prefira alimentos naturais, sabe aqueles que loguinho estragam? são os melhores, tem menos conservantes e de preferência prepare em caso, claro que poucas pessoas não tem tempo para isso, mas se tiver é muito melhor, você sabe o que vai na sua receita, tem menos sódio, gorduras, por isso muito mais saudáveis.

– Há alimentos que podem nos ajudar queimar calorias como alimentos termogênicos: chá verde, café, brócolis, aveia, canela, gengibre, pimenta, curry, feijão, iogurte, espinafre e muitos outros.

– Na internet e em vários lugares existem: descobrimos o mais novo milagre para emagrecer e etc…NÃO EXISTE MILAGRES. Todos nós sabemos que manter a alimentação em dia e exercícios físicos é o caminho para emagrecer.

Fácil? claro que não, ainda estou no inicío de uma nova etapa na minha vida, e já ouvi muito de quer emagrecer? fecha a boca. ou é só ter força de vontade. Não é muito mais que tudo isso, só quem tem tendencia a engordar sobe o quanto tudo é difícil, mas não impossível né?

Eu estava tentando manter uma rotina de exercícios com o meu noivo, não estava podendo pagar uma academia, mas ou começava semanada de chuva (porque aqui em Joinville é assim, só chove), ou meu noivo ficava doente e eu detesto ir caminhar sozinha, comecei a procurar academia para nós dois perto de nossas casas (minha ou da dele) e no fim ele já não queria mais. Então peguei fui até uma academia aqui perto da minha casa (isso na 5ª feira passada, conheci a academia, fiz minha matrícula e comecei a praticar. Amanhã será minha primeira avaliação física, que medo, mas estou muito feliz, não esperem as segundas feiras, alguém para fazer junto, porque o tempo vai passando né.

Tá com preguiça? o que eu costumo fazer para dar UP e comer para academia:

– Eu sou totalmente motivada por imagens, por isso sou fã do weheartit.com, ou você pode criar uma pasta sobre coisas de saúde e colocar lá imagens que podem incentivar.

– Música, escuto músicas com batidas legais para exercícios, elas costumam me animar.

– E o mais importante, sempre penso que não é sentadada na frente do computador que vou emagrecer.

Desculpem o post grande, não tinha como não ser, aqui foi só o começo, quero postar bastante coisas para vocês sobre Saúde, e que podem ajudar no processo de emagrecimento.

Anúncios